Call us today +90-384-271-20-04

   

Istanbul

 

Istanbul é a maior cidade da Turquia e, a terceira maior do mundo. É uma cidade onde o antigo encontra o novo à espera de ser descoberta. É também, a única cidade do mundo assente sobre dois continentes o que faz desta metrópole, a mistura perfeita entre ocidente e oriente.
Primeiro chamada de Bizâncio, Istanbul foi uma capital Grega pelo menos a partir de 660 a.C. Em 73 d.C. Tornou-se parte do Império Romano vindo a ser, o centro Cristão do mundo e, renomeada Constatinopla em nome Constantino, o Grande. A cidade foi capital do Império Romano do Oriente a partir de 330 d.C. até à queda de Roma tornando-se consequentemente, e até 1453, a capital do mesmo até ser conquistada pelo Sultão Mehmed II passando, a ser a capital do Império Otomano. Em 1923, com o estabelecimento da República da Turquia foi então alterado o seu nome para Istanbul, até aos dias de hoje.





Lugares a visitar em Istanbul
 
Basílica Cisterna: Mandada construir por Justiniano I no século 6, esta cisterna (a maior em Istanbul) foi construída, para abastecer a então Constantinopla. O palácio submerso, como também é conhecido, é suportado pelas suas 336 colunas em mármore. Mais tarde esta cisterna foi utilizada para abastecer o Palácio de Topaki e os seus jardins adjacentes.

Mesquita Azul: Conhecida na Turquia com Cami de Sultanahmet, a mesquita azul deve, o seu nome à sua vasta cobertura de azulejos azuis que decoram o seu interior. É uma das mesquitas mais conhecidas do mundo tendo sido, costruída para rivalizar com a Hagia Sofia entre 1609-1616.

Bósforo: O famoso estreito que separa a Ásia da Europa e que liga o mar Negro e o mar de Marmara torna-o, num dos mais importantes do mundo (apesar de ser também um dos mais estreitos nos seus 31km de extensão) para rotas comerciais. Istanbul assenta nas suas margens tendo sido, desde a antiguidade, um ponto estratégico desejado por vários impérios.

Igreja de Chora: Um dos complexos mais impressionantes do tempos Bizantinos. O nome Chora refere-se à localização da Igreja, fora das fortificações da cidade. Esta igreja esteve em operação até à invasão Otomana sendo depois convertida numa mesquita em 1453. No ano de 1958, o edifício foi, tornado num museu (de Kariye) onde belos mosaicos e frescos foram de novo postos em mostra para o público.

Grande Bazar: Aberto pela primeira vez em 1641, o Grande Bazar, ou  Kapalıçarşı como é conhecido em Turco, é um dos maiores do género no mundo. O mercado coberto tem 61 ruas, acessíveis por uma das 4 entradas, mais de 3000 lojas, 5 mesquitas e 6 fontes. Depois de ser destruído e reparado inúmeras vezes, é Grande Bazar é uma das maiores atracções turísitcas de Istanbul. Aqui poderá encontrar as ruas repletas de lembranças, carpetes, cerâmica, couro e peles, ouro, entre muitos outros.
 
Hagia Sofia: Terá revolucionado a história da arquitectura devido ao seu tecto em cúpula foi, cosntruída em 537 sendo a maior Catedral do mundo durante quase 1000 anos. A Catedral foi convertida Mesquita por ordem do Império otomano sendo posteriormente convertida em 1935 num museu. O museu alberga mosaicos, impressionantes pilares em mármore e a famosa cúpula.

Hipódromo: Famoso desde os tempo de Constantinopla sob a alçada Romana, o hipódromo data ainda assim de 203 a.C, durante a era Bizantina. A área era o maior circo da cidade e foi o centro de diversos eventos desportivos como corridas de carruagem. O que resta deste complexo são 3 grandes colunas, a Coluna da Serpente, o Obelisco de Teodósio e o Obelisco Murado.

Palácio de Topkapi: Foi o palácio dos Sultões do Império Otomano por 400 anos dos seus 624 anos no poder. O Palácio não só era a residência do Sultão, mas também da sua família e um importante centro para o Império. Composto por 4 pátios era, também o local para armazenar tesouro e arquivos por parte do governo. Foi também, o mais moderno centro educacional durante o Império Otomano.